Operação “Tira Teima” foi deflagrada no no Ceará, São Paulo e Goiás com mandatos de busca e apreensão autorizados por Edson Fachin (STF).

A Polícia Federal quer provar a relação do senador Eunicio Oliveira (MDB-CE) com ex-diretor da empresa de medicamentos Hypermarcas e está atrás dos operadores do presidente do Senado Federal acusados de receber propina, delatados por Nelson Mello, diretor da Hypermarcas. “Não estou sabendo de nada. Não tem ninguém aqui em casa”, afirmou Eunicio a imprensa agora a pouco.

A Operação Tira Teima investiga pagamentos de vantagens indevidas por parte da Hypermarcas a políticos em troca de medidas provisórias de interesse do grupo. O objetivo é buscar documentos que aprofundem a investigação.

A Hypermarcas, investigada na Tira Teima, é líder do mercado farmacêutico no Brasil. Nos últimos anos, foram investidos mais de 250 milhões de reais no parque industrial da empresa em Anápolis (GO) — trata-se de um dos maiores e mais modernos complexos industriais farmacêuticos da América Latina. A empresa produz, por exemplo, Doril, Biotônico Fontoura, Engov e Maracugina, medicamentos populares no país.

 

Notícias

Informação o tempo todo.