O desembargador João Pedro Gebran Neto concluiu argumentação na última sexta-feira; decisão pode impedir candidatura presidencial.

O conteúdo de sua argumentação é sigiloso e apenas os outros dois desembargadores da 8ª turma têm acesso ao conteúdo. Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro, de Curitiba, a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro em 14 de julho deste ano. A apelação de Lula chegou ao TRF4 em 23 de agosto. A condenação de Lula também em segunda instância pode torná-lo inelegível para as eleições presidenciais de 2018. Lula é o favorito nas pesquisas de intenção de voto.

Notícias

Informação o tempo todo.