O escândalo que ficou conhecido como “máfia da merenda” foi descoberto em janeiro de 2016, quando o MP-SP e a Polícia Civil deflagraram a Operação Alba Branca.

O tucano tem dedicado e usado o tempo da campanha eleitoral em rádio e TV para atacar Bolsonaro. Mas segundo o candidato, que citou suspeitas de irregularidades na área de merenda escolar no Estado de São Paulo, Alckmin deveria falar sobre seu governo.

Bolsonaro também atacou Alckmin: “O senhor tem que explicar é o roubo da merenda escolar, as denúncias de quatro delatores. Está afundado até o pescoço na Dersa, seu cunhado também é acusado. Tem que responder por você, não fique me atacando com leviandades. Não tente querer crescer (em intenções de voto nas pesquisas) fazendo esse jogo baixo, sujo, que parece característica do seu partido”, concluiu Bolsonaro.

que ficou conhecido como “máfia da merenda” foi descoberto em janeiro de 2016, quando o Ministério Público Estadual e a Polícia Civil do Estado de São Paulo deflagraram a Operação Alba Branca, para apurar um esquema de superfaturamento no fornecimento de alimentos para merenda escolar da rede pública.

A investigação identificou desvios em contratos firmados entre a Coaf (Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar), de Bebedouro (SP), e a Secretaria de Estado da Educação do governo Geraldo Alckmin (PSDB), além de 22 prefeituras paulistas.

 

Notícias

Informação o tempo todo.