Atriz fez mudança para viver stripper na série ‘Rua Augusta’. Visual pode ser conquistado com spray, tonalizante ou tinta para cabelo. Veja dicas!

Pintar os cabelos de rosa não é novidade: só entre as famosas, a lista de quem já coloriu a cabeça com o tom fantasia vai de Yasmin Brunet a Kylie Jenner, passando por Hilary Duff, Dakota Fanning, Cara Delevingne, Georgia May Jagger, Tori Spelling e até Nanda Costa. Bastou Fiorella Mattheis aderir à cor – ela fez a mudança para viver uma stripper na série “Rua Augusta”, no canal pago “TNT” – para surgir de novo aquela vontade de encarar a mudança. Mas e a coragem?

egundo os profissionais, há três formas de se colorir o cabelo de rosa: com sprays temporários, tonalizantes ou tintas. “No caso dos tonalizantes e das tintas, é preciso descolorir bastante os fios antes de colocar o rosa. Para esses tons pastel, têm que clarear bem o cabelo para realçar o rosa, então quanto mais escuro for sua cor natural, mais difícil será esse processo e mais o cabelo vai sofrer com essa agressão”, explica Branca.

Segundo ela, a diferença básica entre o tonalizante e a tinta é o tempo de duração do visual. “Quem não for loira e pintar os fios dessa cor vai precisar retocar de mês em mês, por exemplo”, conta ela, lembrando que há ainda a opção de usar o spray, que sai após a lavagem do cabelo. “O spray é maquiagem, lava e sai, é bom para quem não quiser se comprometer com o rosa.”

Aliás, quem estiver pensando em encarar a mudança, deve aproveitar as próximas estações. “Esse rosa mais claro, como o da Fiorella, desbota rápido, então é melhor no inverno porque a pessoa não lava os fios todo dia e não tem tanta piscina e mar”, ensina Branca.

Notícias

Informação o tempo todo.