Denúncias apontam que o hospital está sem o cateter há cerca de dez dias, fato que vem levando os pacientes a serem submetidos a procedimentos cirúrgicos.

Hospital Infantil Albert Sabin especializado no atendimento a crianças está sem cateter há 10 dias: Crianças em tratamento com Câncer estariam sendo submetidas a cirurgias por falta de cateter de inserção periférica, segundo denúncia da Associação Peter Pan. O Governo do Ceará por meio da Secretaria de Saúde confirma a falta do aparelho, mas alega que a compra já foi realizada. Crianças e recém-nascidos com Câncer ainda estão à espera.

O caso chegou ao órgão em forma de solicitação para que seja restaurada a compra e o fornecimento do instrumento, através de ofício encaminhado pela Associação Peter Pan, entidade que assiste mais de 2 mil crianças e adolescentes portadores de câncer no Estado.

De acordo com a presidente da Associação Peter Pan, Olga Lúcia Espíndola Freire, o hospital está sem o cateter há cerca de dez dias, fato que vem levando os pacientes a serem submetidos a procedimentos cirúrgicos, para a administração dos medicamentos necessários ao tratamento. “Se tivesse o cateter não teria essa necessidade. Nos foi informado que chegaria até a sexta-feira passada, mas não chegou. Esperamos até a última segunda-feira (29) e também não chegou”, afirma.

 

Notícias

Informação o tempo todo.