Véspera de ano de eleições, o petista Camilo Santana (PT), afirma que o programa reduzirá fila de exame e cirurgias.

Segundo o governador, a Secretaria da Saúde (Sesa) está concluindo estudo sobre as especialidades que hoje têm maior demanda da população. “Estamos aumentando investimentos na saúde, ampliando leitos, abrindo novas UPAs. Estamos fazendo um esforço muito grande para que novas ações cheguem à população cearense”, assegurou.

Entre as ações para a saúde, o governador destacou ainda a construção de mais 48 leitos no Hospital de Messejana, que já conta com 430 leitos; e a reabertura de 22 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) espalhadas pelo Estado.

Mas como? Se falta até remédios e materiais básicos, imagina agilizar exames e cirurgias, sem equipamentos. A fila de espera (exames/cirurgias), já ultrapassa os cinco meses.

 

 

 

Notícias

Informação o tempo todo.