Governo Cid Gomes, na época gastou R$ 138 milhões na compra, mas o metrô nunca saiu do papel, enquanto as máquinas estão enferrujando.

Após 7 anos, “Tatuzões” comprados para escavações da Linha Leste do metrô de Fortaleza não chegou se quer a ser montado e hoje está abandonado no Centro de Fortaleza.

Peças gigantes ocupam um terreno perto da praia, no Bairro Moura Brasil. São partes desmontadas de quatro tuneladoras ou ‘tatuzões’, como são chamadas. Da obra de mais de R$ 3,25 bilhões, só os tapumes foram erguidos. Nem um centímetro chegou a ser perfurado. E enquanto as máquinas que fariam os túneis nem chegaram a ser montadas, a população lamenta a falta de um meio de transporte mais rápido.

Quem passou pela Avenida Washington Soares, em Fortaleza, percebeu que os tapumes do canteiro central, onde seria a Linha Leste do metrô, começaram a ser retirados. Porém não há ainda nenhum sinal da obra. Os referidos “Tatuzões” milionários seriam utilizados justamente na escavação das obras no local.

As máquinas não chegaram a ser montadas, seguem sem manutenção, e estão enferrujando, expostas ao sol e à chuva. A obra se arrasta há 7 anos e meio, e o governo já gastou mais de R$ 100 milhões com a manutenção dos equipamentos. Enquanto não é resolvido o impasse no consórcio, a população fica sem prazo para a conclusão da obra.

 

Notícias

Informação o tempo todo.