Sempre serei contra as esquerdas”, afirmou em entrevista à rádio Jovem Pan, em São Paulo, na manhã desta segunda-feira (8). 

Para declarar apoio, Doria disse que não quer pensar na hipótese de Fernando Haddad (PT) ser eleito presidente da República.  “Tem a política liberal do Paulo Guedes, do Bolsonaro, que eu apoio. Fui contra Lula e PT desde o início. Eu nunca flertei com PT, com petistas, com esquerdistas. Prefiro apostar no projeto liberal do Paulo Guedes.

Sempre serei contra as esquerdas”, afirmou em entrevista à rádio Jovem Pan, em São Paulo, na manhã desta segunda-feira (8).

Doria disse ainda que Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo, é um fantoche do ex-presidente Lula. “Um prisioneiro, que do seu cárcere em Curitiba comanda o fantoche chamado Fernando Haddad”, disse.

Notícias

Informação o tempo todo.